Vale a pena guardar dinheiro na poupança?

poupançaA primeira coisa que a maioria das pessoas pensam quando decidem criar uma reserva financeira é: preciso abrir uma conta poupança!

Nós costumamos pensar que guardar o dinheiro fora de casa, como na poupança, é o bastante para não sentir vontade de gastar.

Não é errado pensar assim, já que isso realmente faz sentido. O problema está em não pensar nos contras, como: o acesso fácil ao cartão da conta e a falta de compromisso e disciplina financeira para realizar os depósitos todo mês.

Avalie antes de tomar uma decisão

Se você inicia uma conta poupança todo empolgado, mas no fundo sabe que na primeira dificuldade irá tirar o dinheiro acumulado, você está começando algo que não terá resultado algum.

Antes de começar a guardar dinheiro na poupança, é preciso conhecê-la a fundo. Só assim você irá descobrir se ela realmente funcionará para você.

Caso você chegue à conclusão de que ela não é a melhor opção, não se preocupe. Existem outras soluções para guardar dinheiro e com certeza uma delas funcionará para você.

Mas antes, vamos conhecer as suas principais características.

Como funciona a poupança?

A poupança é o produto financeiro mais tradicional e popular para os brasileiros. O poupador deposita o dinheiro no banco, geralmente sem a necessidade de um valor mínimo.

Apesar de não ser o objetivo, a conta poupança permite que o titular consiga realizar saques, transferências, pagamentos e outras transações.


Como desenvolver sua disciplina e controle financeiro


Rendimento

rendimento da poupança varia entre 0,5%  e 0,7% ao mês e é calculado pela TR. Para garantir a correção do valor no próximo mês, o poupador deve manter o dinheiro depositado por pelo menos 30 dias.  Isso ocorre porque a poupança determina uma “data de aniversário” de acordo com a data do seu primeiro depósito. É justamente nessa data de aniversário que ocorre a correção do valor.


Veja um exemplo:

João depositou R$50 no dia 2 de julho. Para que ele consiga gerar a correção desse valor, o dinheiro deve ficar na conta pelo menos até o dia 2 de agosto.


Segurança

A poupança é protegida pelo Fundo Garantidor de Créditos, o FGC. Caso algum banco vá a falência, é o FGC quem garante ao poupador o ressarcimento do valor acumulado. Desde que você tenha poupado, no máximo, R$ 70 mil. Se isso ocorrer e o titular da conta tiver juntado, por exemplo, R$ 80 mil ao longo dos anos, R$ 10 mil poderão ser perdidos.


Saiba o que é capitalização, como funciona e se vale a pena


Vantagens e desvantagens

Vantagens:

  • Abertura fácil e sem burocracia

Qualquer cidadão munido de RG, CPF e comprovante de residência consegue abrir uma conta poupança.

  • Não possui valor mínimo para depósito

Dependendo da instituição financeira, não há valor mínimo para depósito.

  • Isenção de imposto de renda para pessoas físicas

Cadastros realizados com CPFs são isentos de imposto de renda e taxas de manutenção da conta.

Desvantagens:

  • Facilidade de sacar o dinheiro a qualquer momento

Muitas pessoas consideram este fator como um ponto positivo, o que não é verdade se o seu objetivo é criar uma reserva financeira. Retirar quaisquer valores durante o tempo de poupança faz com que você fique cada vez mais longe de alcançar a sua meta.

  • Baixo rendimento

Apesar de não cobrar imposto de renda para pessoas físicas, o rendimento da poupança não deixa de ser baixo para quem tem o objetivo de poupar e obter uma boa rentabilidade. 

Se você depositar, por exemplo, R$ 50 durante um ano, os juros totais que você receberá ao final será de R$ 25,45.


Onde guardar dinheiro: conheça todas as opções e saiba qual é a melhor


  • Não estimula o poupador a continuar investindo em sua reserva

Infelizmente, por não criar vínculo de compromisso com o poupador, muitas vezes a poupança acaba sendo utilizada nos primeiros meses após a abertura da conta, mas logo depois é deixada de lado. Isso se deve à falta de disciplina e controle financeiro de boa parte das pessoas.  

A poupança é indicada para você?

Confira no infográfico abaixo se a poupança é a melhor opção para você guardar dinheiro:

para quem a poupança é indicadaAfinal, vale a pena guardar dinheiro na poupança?

Como vimos, se você não tem facilidade em juntar dinheiro e deseja atingir uma meta em um determinado tempo, a poupança pode não ser a melhor opção para você. Isso se deve à falta de vínculo obrigatório entre a poupança e o poupador.

Quando você não tem disciplina financeira e tem o poder de escolher se irá ou não poupar naquele mês, sabemos que infelizmente as circunstâncias acabam te convencendo a não poupar e adiar a realização do seu objetivo.

Agora, se o poupador tem um “compromisso” e se sente na obrigação de realizar os depósitos mensalmente, consequentemente sua reserva financeira irá crescer. Por isso é tão importante escolher uma opção para guardar dinheiro que irá te impulsionar a continuar poupando com foco e disciplina financeira.

Caso você não se encaixe no perfil da poupança, não se preocupe. Escrevemos um artigo com as principais opções para guardar dinheiro. Confira:

Onde guardar dinheiro: conheça todas as opções e saiba qual é a melhor

Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado.

Até o próximo artigo!