Quais as melhores opções de empréstimos

Nós já vimos que a melhor maneira de realizar sonhos é poupando, mas sabemos que existem situações em que é necessário organizar as finanças antes de juntar o dinheiro.

O melhor a fazer nesses casos é analisar muito bem as opções de empréstimos disponíveis no mercado. Não se desespere, respire fundo, e veja o que vale a pena para você. Neste post reunimos algumas das melhores opções de crédito.

Empréstimo com Garantia (1,15% a 2.15% a.m. em média)

O que é:

O empréstimo com garantia é uma modalidade em que você coloca o seu imóvel ou o seu veículo como garantia de pagamento do valor emprestado. O empréstimo com garantia de imóvel tem os juros mais baixos, enquanto o empréstimo com garantia de veículo tem juros maiores.

Como utilizá-lo:

Esta modalidade é ideal para quem precisa de quantias altas e planeja o pagamento em um prazo mais longo. Normalmente, é a opção mais viável para quem precisa de dinheiro para começar uma atividade que vá gerar lucros posteriores, que compense o pagamento de juros a longo prazo.

Como não utilizá-lo:

Para necessidades imediatas e sem planejamento de pagamento das parcelas a longo prazo. Também não é ideal para quem possui um bem financiado – apesar de ter opções que renegociam o valor financiado, geralmente, o novo empréstimo irá cobrar  juros mais altos das parcelas que faltam ser pagas no financiamento.

Empréstimo Consignado (1,95%  a.m. em média)

O que é:

O crédito consignado é um empréstimo com parcelas descontadas diretamente do contracheque ou benefício INSS.

Como utilizá-lo:

Esta modalidade é ideal para a renegociação de dívidas com juros maiores. É uma boa opção para ter dinheiro rápido e sem burocracias em alguns casos, já que não é necessária análise de crédito para funcionários públicos e pensionistas do INSS.

Como não utilizá-lo:

Não é possível comprometer mais do que 30% de sua renda com o pagamento das parcelas de empréstimos consignados e, apesar do limite, esses empréstimos acabam comprometendo uma parcela importante da sua renda. Controle seus gastos e não fique refém de empréstimos!

Empréstimo com Penhor (2,1% a.m. em média)

O que é:

Esse é um empréstimo de fácil acesso e livre de análise de crédito. Você apresenta um bem como garantia, que fica sob a tutela da instituição financeira até a quitação total do empréstimo. Desta forma, pode fazer esse tipo de empréstimo mesmo estando inadimplente, uma vez que o bem é a garantia de que você quitará o empréstimo.

Como utilizá-lo:

Procure esse empréstimo caso seja a opção com os juros mais baixos, em situações em que o valor que você precisa não é aprovado em análises de crédito, SPC/Serasa. Sendo assim, você pode utilizar esse crédito penhorando joias e outros objetos de valor.

Como não utilizá-lo:

Tenha em mente a finalidade para este empréstimo. Caso não esteja seguro de que será possível quitá-lo até o final, não comprometa seu orçamento e seus bens.

Cartão de Crédito Consignado (3,6% a.m. em média)

O que é:

Aposto que você está surpreso ao ver um cartão de crédito entre as melhores opções de empréstimo! Este não é um cartão de crédito comum, ele é direcionado a servidores públicos e aposentados/pensionistas do INSS, com juros muito menores. Outra vantagem é o valor mínimo do pagamento da fatura, de 5%, menor do que as outras opções de cartões no mercado.

Além dos juros e do valor mínimo, o que diferencia esse cartão de crédito é o pagamento da parcela mínima (5%), feito com desconto diretamente na folha salarial do servidor público ou no benefício do INSS.

Diferentemente dos outros cartões, não é necessário parcelar a dívida caso não seja possível pagar a fatura integralmente – você pode continuar pagando apenas o mínimo todo mês. Com os juros baixos dessa opção, a dívida é amortizada mês a mês até a quitação total – você não cai no efeito bola de neve.

Como utilizar:

Além de ser uma opção muito melhor do que os Cartões de Crédito convencionais, por não ter anuidade e apresentar juros bem mais baixos, o Cartão de Crédito Consignado é uma boa opção para quem já utiliza o limite de 30% da renda mensal consignável. Essa modalidade abre um limite extra de 5% de utilização da sua folha de pagamento para o cartão. A possibilidade de sacar até 98% do limite do cartão é ideal para ter dinheiro rápido em situações emergenciais.

Como não utilizá-lo:

Apesar de ser uma das melhores opções de empréstimo, assim como nas outras modalidades de crédito, você pagará juros sobre os valores que forem sacados ou não pagos em dia na fatura. Planeje seu orçamento para não ficar dependente de empréstimos recorrentes!

________________________

Já sabe qual a opção mais adequada para o seu momento? Lembre-se que, com planejamento fica mais fácil ficar longe de dívidas! Logo mais, falaremos sobre os empréstimos pessoais, crédito rotativo e cheque especial.

Quer saber mais sobre empréstimos? Deixe o seu contato: